desvalorização-de-um-carro-usado-como-funciona-geracao-seminovos

Desvalorização de um carro usado: como funciona?

Uma das maiores preocupações de quem opta por investir em um carro usado é a desvalorização. Isto porque, além de considerar a marca, o modelo, o ano e, claro, o investimento, é preciso analisar qual a perda de valor de mercado daquele veículo.

Por isso, vamos explicar para você como funciona essa análise e quais os principais critérios envolvidos. Com isto, você poderá ter mais segurança de que está fazendo um bom negócio. Afinal, este é um investimento significativo e é melhor evitar dores de cabeça, não é?

Na prática: o que é desvalorização de um carro?

A desvalorização de um carro nada mais é do que o efeito de desgaste provocado, naturalmente, pelo seu uso. Conforme o tempo passa, mais o veículo necessita de manutenção. Assim, mais alto é o custo para manter o carro e menor fica o seu valor de mercado.

Logo, a desvalorização é o valor que o carro perde ao longo do tempo. Você pode fazer esse cálculo conforme informa a tabela FIPE:

Cálculo da Tabela FIPE

Segundo a tabela FIPE, a depreciação do veículo se calcula com a fórmula:

(valor no ano anterior – valor no ano seguinte) / valor no ano anterior. Depois o resultado deve ser multiplicado por 100.

Por exemplo, vamos calcular a desvalorização de um carro de 2014 para 2015:

(46.045,00 – 40.749,00) / 46.045,00 = 0,1150.

0,1150 X 100 = 11,5%. Sendo assim, esse carro perdeu 11,5% do seu valor no primeiro ano de uso.

Os demais percentuais são:

  • 4,93% no segundo ano;
  • 1,80% ao completar três anos.

Outros critérios

-Quanto mais idade tiver o seu carro, menor será o seu valor;

-A quilometragem também importa. Logo, quanto mais o carro já rodou, maior será a sua desvalorização;

– Amassados e riscos influenciam e podem diminuir o valor o seu carro na hora de revender.

Quais os carros que menos desvalorizam?

Curioso para saber quais são os carros que menos desvalorizam? Confira essa lista da tabela Fipe com relação ao ano de 2018.

1) Honda Civic 5,1%

2) Volkswagen up! 5,6%

3) Volkswagen Voyage 5,9%

4) Toyota Hilux 6,3%

5) Subaru Forester 6,3%

6) Chevrolet Tracker 6,6%

7) Ford EcoSport 6,9%

8) Hyundai HB20 6,9%

9) Kia Cerato 6,9%

10) Toyota Corolla 6,9%

11) Kia Sportage 6,9%

12) Audi A6 6,9%

13) Fiat Argo 7%

14) Ford Focus 7%

15) Ford Fusion 7%

16) Suzuki S-Cross 7%

17) Toyota Camry 7%

18) Toyota Etios 7%

19) Chevrolet Cruze Sport6 7,1%

20) Nissan Kicks 7,1%

21) Toyota RAV4 7,1%

22) Volkswagen Passat 7,1%

Geração Seminovos

Buscando o melhor seminovo do mercado? Tire suas dúvidas sobre desvalorização de veículos e encontre o modelo perfeito para você aqui, conosco. Conte com o apoio dos nossos profissionais para fazer a melhor escolha.

Vale a pena fazer consórcio?
Salão do Automóvel 2016 -O que vem por aí para Hyundai e Chery?